Jáder Barbalho e o caso SUDAM.


Parece que quando mais se aproxima da eleição, mais a grande imprensa começa a relembrar de fatos importantes, vejam o que deu no Correio Brasiliense 04/04/10 e publicado em O Globo.

Coleção de falhas nos inquéritos e lentidão da Justiça fazem com que as fraudes aos cofres públicos, que superaram R$ 4 bilhões, continuem impunes quase 10 anos depois

De Alana Rizzo:

Quase 10 anos depois da descoberta das fraudes bilionárias contra a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e do Nordeste (Sudene), a impunidade é quase uma certeza para a maior parte dos envolvidos. Das 481 ações, que somam mais de R$ 4 bilhões, a Justiça impôs duas ou três condenações. Nada foi devolvido aos cofres públicos.

Falhas nos inquéritos policiais e a morosidade da Justiça estão inviabilizando a condenação dos empresários, servidores e políticos beneficiados. Acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) como o principal articulador do esquema, o ex-senador Jader Barbalho (PMDB-PA) se prepara para voltar à cena. Ainda não decidiu se alça voos em Brasília, onde chegou a ocupar a presidência do Senado, ou se permanece no estado e tenta uma campanha ao governo.

3 comentários:

Anônimo disse...

E pensar que foi justamente com esta víbora (Jader Barbalho) que o PT estadual e municipal se uniram para ganhar as eleições da Ana Júlia, no Pará, e do Joílson, aqui em Tucuru. Porém, agora que o Jader não quer mais nem papo com o PT paraense, ele novamente volta a mídia nacional. Será coincidencia ou será perseguição? Com a resposta a Turma do PT.

Marcos Rogerio disse...

Não sei se os senhores assistiram o programa CQC da tv bandeirantes na noite de 05/03/2010, onde a reporter se referia a uma recente pesquisa que dava conta que o senado e o congresso nacional atual, tem o pior indice de popularidade desde que que se iniciou este tipo de pesquisa. Questionado quanto ao assunto,e afirmando a coisidencia de nesta mesma pesquisa tambem foi reafirmado a aprovação em massa do presidente lula, o Dep.Welligton do PMDB,afirmou a reporter do citado programa que os que aprovam o presidente são as pessoas ignorantes que não tem acesso a informação, ja que segundo ele a midia e a principal responsavel pelo desenpenho lamentavel de aprovação dos deputados e senadores.
mas realmente o que me intriga e a contradição deste deputado, ja que a população que aprova o presidente, e a mesma que desaprova os deputados, e outra sera que 80% da população brasileira não tem acesso a informação, com a palavra o IBGE. E certo que o Dep. Welligton foi infeliz por ter chamado esses 80% da população Brasileira de burros , mal informnados.

Vereador Jones disse...

Marcos Rogério, bem que o Lula falou que no congresso tem vários picaretas e o Dep. Wellington é um deles, abraços e volte sempre.